Aprenda Inglês Gratis

Como pensar em Inglês

Como pensar em Inglês

Como pensar em Inglês

Ao longo do tempo com a experiência que vamos adquirindo ao ensinar uma segunda língua já sabemos as possíveis perguntas que nos serão feitas. Em se tratando de inglês, temos coisas do tipo: “É verdade que Inglês se fala de traz para frente?” ou “Como decorar as palavras em Inglês?”

E daí a preocupação que surge gira em torno de como passar a fórmula correta de aprender para os alunos.
O fato é que não existe mágica ou regras matemáticas exatas para aprender inglês ou qualquer outra língua, existem regras gramaticais que vão te ajudar a entender os usos dos tempos verbais, adjetivos, advérbios, enfim, regras gramaticais em geral, porém, é importante ressaltar que toda regra tem exceção, por isso, o que fará toda a diferença no aprendizado são as ferramentas que você vai usar para adquirir o conhecimento sobre a língua aprendida. Logo, quanto maior for o contato com a língua que está estudando, mais rápido e melhor será seu aprendizado.
·         Mas então o que fazer com as regras? Devo decorá-las?
Bom, as regras estão aí para te ajudar, por isso é importante que você as leia, pois saber a gramática de uma língua indica que você vai usá-la de forma correta, a gramática é imensamente importante. O que quero sustentar aqui é que mesmo que decore todas as regras existentes da gramática da língua Inglesa (o que é muito difícil de acontecer, nem os nativos sabem), essas regras terão exceções, portanto, não se aplicarão em todas as construções. O que funciona, e muito bem, é estudar gramática, e fazer atividades como ouvir musicas em inglês, assistir filmes, séries, participar de chats para melhorar a conversação, buscar amigos em redes sociais que falam tal língua e se comunicar somente usando a mesma, se possível ter também amigos nativos nas tais redes, enfim, praticar muito, pois a prática levará você a pensar em Inglês.  
·         Eu traduzo primeiro em minha cabeça para depois falar em inglês, o que fazer?
Os alunos tendem a fazer isso quando estão estudando inglês, e isso leva tempo, a pessoa fica muito tempo pensando para responder, e isso causa pausas imensas no diálogo, ou ainda pior, coloca palavras da língua materna no discurso, forma que se o ouvinte for falante nativo de inglês não vai entender, são elas: “éééh…. hummmm…” e por ai vai.
Finalizando, para aprender inglês de forma efetiva, comece a trabalhar seu cérebro para pensar em inglês, assim suas respostas serão naturais e seu nível vai melhorar, e muito!
 
Milena Queiróz Gonçalves Santos

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *