Aprenda Inglês Gratis

Second conditional

Second conditional – possibilidade não real ou sonho

Segundo condicional

O segundo condicional é como o primeiro. Aqui, ainda estamos pensando sobre o futuro. Estamos falando sobre uma condição particular no fututo e o resultado dessa condição. Mas não há possibilidade real para que isso aconteça. Por exemplo: Você não tem um bilhete para loteria. É possíuvel ganhar? Não. Sem bilhete, nada de prêmio. Mas talvez você vai comprar um bilhete de loteria no futuro. Então pode pensar sobre ganhar na loteria no futuro, como um sonho. Não é muito real, mas ainda assim, é possível.

If condition (condição) result (resultado)
  passado simples would + verbo principal
If (se) I won the lottery (eu ganhasse na loteria) eu iria comprar um carro.

Observe que estamos falando sobre futuro. Usamos passado simples para falar sobre uma condição no futuro. Usamos WOULD + VERBO PRINCIPAL para falar sobre resultado no futuro. Uma observação importante sobre o segundo condicional é que tem uma possibilidade não real de acontecer.

Características básicas do second conditional:

Oração com if (if-clause): Simple Past
Oração principal (main clause): WOULD
He would complain if you were late. (Ele reclamaria se você se atrasasse.)

O second condition é usado nas seguintes ocasiões:

– expressa uma condição presente ou futura irreal;
– declara uma ligação entre eventos e situações que podem não vir a se realizar. Muito usado para se falar do possível ou imaginado resultado de uma situação caso uma outra ação estivesse acontecendo.

Nestas situações o verbo no passado não se refere ao passado e sim que a condição  não existe ou não acontece na realidade.

If + past would + infinitive (sem to) / anômalos (could, might)

If  I had money, I would buy an ice cream. (Se eu tivesse dinheiro, eu compraria um sorvete.)
If I had money, I could buy na ice cream. (Se eu tivesse dinheiro, eu poderia comprar um sorvete)

Obs:
Os verbos no segundo condicional estão todos no passado, porém há uma exceção que é o verbo TO BE que leva a forma de "were" para todos os sujeitos:
Exemplos:
If I were you, I wouldn’t touch that dog. (Se eu fosse você, eu não tocaria aquele cachorro.)
If you were in my place, what would you do? (Se você estivesse no meu lugar, o que você faria?)
 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *